Simplicidade

"Sintaxe à vontade"

18:39

o ultimo perdão

Sentimento simplificado por Caribé |

Quando o semblante é tao bem mais cobiçado
e o coração tao completamente deixado de lado
e por debaixo da poeira de pele morta
maquiando nosso rosto, com suas imperfeições
estão nossa angústias mais profundas
e nossos medos que mais nos agridem
tem quando deixamos nossas luvas secando no varal
e nossas mascaras sendo pisotiadas no chão da avenida
mas ao fim de todo carnaval, la estao nossas condutas sóbrias
onde sobram confusões e faltam coragem
de ser o que nao manda o figurino e que obedece o figurante
por debaixo daquelas roupas bem passadas
camisas bem abotoadas, e sapatos engraxados
e o pó de pele sob a roupa
esconde a sujeira interna que o suor tenta purificar
mas toda aquela atmosfera pesada
sem vento, sem chuva sem nada
deixa td parado intopindo os poros
e mesmo assim, vamos levando
e quando descobrimos o quanto escrotos e sujos fomos
ja nos restam, o que? um pouco mais de 3 horas de vida...
é quando pedimos perdão, do fundo do coração
mas tememos ser tarde demais...

1 Discussões:

nati_vr disse...

LINDOO!!!
choquei com esse poema
principalmente a ultima frase..
perfeita!

Postar um comentário

Subscribe