Simplicidade

"Sintaxe à vontade"

11:29

Bela Moça

Sentimento simplificado por Caribé |


Se havia lá ao longe,
Uma linda moça que se esquecera da própria face.
Deixara de lado seus caprichos e guerreava contra si.
Praguejava contra a rispidez da própria fala.
E julgava monótona a própria existência.
Se embriagava da palidez de teus desencantos.
Tua tristeza era tanta que explodia em seus olhos.
E substanciava-se de seus tantos delírios.
De qualquer canto mais puro poluia-se.
De qualquer água, benta que fosse, endiabrava-se.
E qualquer um que visse sua face,
Queimava em desespero.
Por haver ali, algo tão belo e tão deprimente.
E sua alma seguiu dormindo,
Enquanto seu corpo cansado, desajeitado,
expulsava-se de um canto para o outro.
E que moça bela era aquela noite,
Em que vi meus sonhos despedaçando-se.
E que moça bela era aquela saudade,
Que de pouca se tornou eterna,
E de sempre, nunca mais.

Diogo Caribé
10/03/10
2:34
**período fértil

1 Discussões:

Krys disse...

Poha Diogo! Foda o texto. uahuahuahuau
Mas não eh a minha cara naum ta! ¬¬'
Ta me chamando de emo??? uhauahuha
Brincadeirinha! >.<

Teadoro! ;*

Postar um comentário

Subscribe